Início » Resenhas » Bubble Bobble 4 Friends: diversão, desafio e muitas, muitas bolhas!

Bubble Bobble 4 Friends: diversão, desafio e muitas, muitas bolhas!

Trazendo novas e divertidas mecânicas de jogo, Bubble Bobble 4 Friends revitaliza um grande clássico dos arcades.

Se tem um fato que vem se provando verdadeiro na indústria do entretenimento nas últimas décadas é que nostalgia vende. As pessoas não querem somente ler, ver e jogar coisas novas, mas também querem continuar curtindo as obras que as faziam felizes no passado.

Infelizmente há outro fato tão verdadeiro quanto triste quando falamos especificamente da indústria de games: a de que essa indústria pouco se importa em preservar sua própria história. Franquias e títulos esquecidos ou engavetados, falta de cuidado ao armazenar código-fonte e assets de jogos após lançados no mercado e outros problemas impedem que a história dos games seja preservada em sua totalidade, fazendo com que muitos jogos fiquem inacessíveis ao público atual – ou tornando seu acesso bem mais difícil.

Por isso sempre que algumas empresas decidem relançar jogos antigos – seja em seu estado mais próximo possível do original, seja na forma de remasterizações e recriações – isso acaba sendo uma coisa boa não somente para quem apenas gosta de retrogaming, mas pra quem se importa com a preservação da história dos videogames.

Recentemente um clássico da era de ouro dos fliperamas ressurgiu no mercado da melhor maneira possível! Trazendo sua versão original criada há mais de 30 anos, ao mesmo tempo em que se renova completamente, Bubble Bobble 4 Friends chega com exclusividade ao Nintendo Switch.

De encher os olhos, sem precisar de muito

Existem jogos que são apenas bonitos… existem jogos que são apenas feios… e existem jogos que conseguem obter uma estética muito agradável com bastante simplicidade. Bubble Bobble 4 Friends se encaixa perfeitamente nessa última definição.

Com gráficos tridimensionais de texturas simples, mas que esbanjam luz e cores, as numerosas fases do novo jogo dos dinossaurinhos oferecem uma experiência de jogo bastante agradável. Os efeitos visuais dos poderes dos bonequinhos controlados pelos jogadores, das correntes de ar e de alguns dos inimigos e seus poderes deixam tudo mais vistoso e brilhante. E as músicas de arranjos simples, mas que grudam na sua cabeça, fazem com que Bubble Bobble 4 Friends passe um interessante clima de quarto de criança cheio de brinquedos, como os que vemos em filmes ou desenhos animados infantis.

Pegue a letra N antes que ela desapareça!

Inclusive é bem interessante a maneira como os desenvolvedores da Taito conseguiram deixar um jogo visualmente atraente fazendo aparentemente tão pouco: as fases são basicamente labirintos de plataformas simples feitos com blocos tridimensionais. Como se trata de um jogo com jogabilidade 2D, não houve sequer uma preocupação com a criação de cenários de fundo: o background de todas as fases do começo ao fim do jogo é basicamente o mesmo quarto de criança, com a câmera mudando de ângulo a cada fase nova acessada.

Considerando que o jogo de origem tinha labirintos de plataformas similares com um mero fundo preto por trás, não dá pra reclamar muito e ainda assim dá até pra reconhecer a simplicidade inteligente como tudo foi implementado.

Pra jogar juntos

Em sua encarnação mais clássica, Bubble Bobble sempre prezou pelo multiplayer: as antigas cabines da Taito permitiam que dois jogadores controlassem os simpáticos dinossaurinhos sopradores de bolhas para eliminar os inimigos da tela e avançar pela centena de fases do jogo. Bubble Bobble 4 Friends vai além e permite que 4 jogadores brinquem de embolhar monstrinhos, em multiplayer exclusivamente local.

Aliás, essa não é a única grande diferença de jogabilidade trazida pelo novo jogo: agora os jogadores contam com novas habilidades e auxílios interessantes durante a jogatina. Enquanto desbravam as fases do jogo, os jogadores poderão perseguir e estourar bolhinhas especiais que voam pela tela, cada uma contendo uma das letras que formam a palavra EXTEND. Além de cada letra coletada conceder uma vida extra (como no Bubble Bobble original), ao juntar todas as letras e passar de um mundo os jogadores recebem como prêmio uma atualização que aumenta a eficiência dos novos power-ups.

Os power-ups são outra novidade bacana de Bubble Bobble 4 Friends. A cada mundo superado o jogador ganha um desses power-ups (acionados com o botão L ou o R), que permitem que o dinossauro controlado pelo jogador sopre bolhas elétricas que destróem os inimigos em linha, sopre bolhas mais rápido e mais longe para causar dano adicional, sopre bombas flutuantes que explodem quando a contagem regressiva chega a zero, entre outros poderes novos e que quebram um galhão durante a aventura.

De resto, trata-se de uma recriação fiel do clássico jogo de arcade: pule com o botão B ou X, sopre bolhas para aprisionar monstros com A ou Y e estoure os inimigos embolhados (pulando sobre eles ou pulando de cabeça de baixo para cima) para coletar frutinhas e marcar pontos. Se o jogador estourar inimigos embolhados próximos uns dos outros em fila, provocará um estouro em cadeia que multiplica a pontuação.

Além disso, em todas as fases há uma ou mais correntes de ar que levam as bolhas para determinados pontos da tela, obrigando os jogadores a pensar bem e embolhar os monstrinhos no momento certo, se quiserem formar cadeias e marcar o máximo de pontos possível.

Bolha pra todo lado, mas com um pouco de estratégia

A característica desse jogo que mais me prendeu em Bubble Bobble 4 Friends foi a maneira como essas mecânicas do jogo te incentivam a tentar acumular a maior pontuação possível em cada um dos seus mundos. Como em todo jogo de arcade que se preze, você até pode simplesmente destruir os inimigos um por um e você conseguirá passar de todas as fases sem problemas. Mas para atingir a pontuação mais alta você precisa usar e abusar das explosões de bolhas em cadeia, e é aí que Bubble Bobble 4 Friends fica interessante!

Lembra das correntes de ar que eu mencionei no começo desse texto? Elas sempre conduzem as bolhas – seja as sopradas por você, seja as geradas pelo cenário – para um ponto específico da fase e as juntam nesse ponto, aumentando a chance de fazer as bolhas explodirem em cadeia. Mas ao longo do progresso do jogo, as correntes de ar ficam mais complexas, soprando em mais de uma direção e atrapalhando um pouco o acúmulo de bolhas, o que exige uma maior atenção do jogador para embolhar monstrinhos nos momentos certos.

Eu joguei esse jogo sozinho para elaborar esse texto, então as últimas fases do jogo – especialmente as do 4º e do 5º mundo – foram bem desafiadoras. Mas certamente a tarefa será mais fácil – e bem mais imprevisível e divertida – na companhia de mais 1 a 3 amigos.

Pacote generoso

Clássico dos fliperamas, o Bubble Bobble original também está presente em 4 Friends.

Outra coisa que me deixou bem feliz com Bubble Bobble 4 Friends foi a preocupação da Taito em incluir um pedacinho da história da franquia nesse novo jogo, na forma da versão completa do Bubble Bobble original. Na tela de seleção de mundos é possível acessar o jogo original dos arcades (que roda em um emulador embutido, com um comando para inserir créditos/”fichas”) e jogá-lo à vontade. O Bubble Bobble original já é liberado desde o início, não precisando ser desbloqueado, além de permitir partidas de 1 ou 2 jogadores.

E pra quem pensa que isso é pouco, pense de novo: o Bubble Bobble original sozinho traz um total de 100 fases! Somando-se às 50 fases do novo jogo (agrupadas em 5 mundos com 10 fases cada), Bubble Bobble 4 Friends promete entreter os jogadores por bastante tempo!

O arcade na sua casa

Uns dias atrás, quando eu noticiei sobre o lançamento de Bubble Bobble 4 Friends no ocidente no último 31 de março, eu havia comentado sobre como eu não tive a oportunidade de jogar esse clássico, tendo no máximo jogado um spin-off similar a Tetris (que agora eu sei que se chama Puzzle Bobble). Por isso eu fico muito feliz que meu primeiro contato com os primórdios da franquia Bubble Bobble tenha sido com um título de tão boa qualidade!

Com mais de uma centena de fases, mecânicas de jogo instigantes, um visual encantador e um pedacinho da história dos games cristalizado em seu interior, Bubble Bobble 4 Friends é mais um exemplo de como dá pra se divertir bastante com algo aparentemente simples mas muito bem executado, além de oferecer diversão para todo mundo que curte aquele multiplayer de sofá maroto.

Ah, vou finalizar esta resenha deixando uma novidade: todo mundo que comprou Bubble Bobble 4 Friends para o seu Nintendo Switch receberá ainda este ano uma expansão gratuita, com mais fases e um novo chefe para derrotar! 😉

BUBBLE BOBBLE 4 FRIENDS

Plataforma avaliada: Nintendo Switch | Desenvolvedor: Taito Corporation | Publisher: ININ Games | Gênero(s): Ação, Plataforma, Puzzle

Esta resenha foi elaborada com uma cópia do jogo gentimente cedida pelos desenvolvedores.
Categorias: Consoles, Destaques, Nintendo, Resenhas
Tags: , , , , ,

Analista de Sistemas, desenvolvedor web e webdesigner freelancer. Sou viciado em videogames, amo literatura e os ensinamentos de Ben Parker formaram o meu caráter.